Princípios da contabilidade: como provar o valor do seu serviço

    Share on facebook
    Share on twitter
    Share on linkedin
    Share on whatsapp

    Na publicação de hoje nós vamos te ajudar a resolver uma das coisas que pode estar te incomodando quando falamos sobre contabilidade, assim você consegue crescer junto com a gente, para que seus clientes também possam crescer junto com você! Hoje vamos falar sobre os princípios da contabilidade.

    Eu suponho que fazer com que seus clientes entendam quais são as reais faces serviço que você presta à eles possa ser um tanto quanto difícil e muita vezes tão cansativo que da vontade de desistir, afinal, você não estudou para ficar explicando aos outros o valor do seu serviço, mas sim para colocar em prática tudo o que você aprendeu.

    Por isso no post de hoje eu vou te apresentar algumas maneira de como você pode mostrar ao seu cliente o valor do seu serviço e fazer ele entender todas as suas funções a partir dos princípios contábeis.

    Com esse artigo você vai conseguir entender quais podem ser os motivos que os seus clientes não dão o devido valor ao seu serviço e sempre acabam de cobrando por mais do que realmente foi o acordado, contratado.

    Além disso, no final você vai conhecer todas as dicas e formas de mostrar ao seu cliente quais são os princípios da contabilidade e como isso pode ajudar a esclarecer para eles a ideia principal dos seus serviços.

    Entenda o que é princípio

    De acordo com o dicionário, princípio condiz com o que seria uma regra ou o que pode-se chamar de norma de ação e conduta moral.

    Logo, trazendo para a realidade contábil e dos contadores e escritórios de contabilidade, os princípios podem ser tidos como as normas de ação e condutas que devem ser seguidas por eles.

    E para que esses princípios sejam os mesmos em todo o país, existem o que são chamados de princípios da contabilidade, e são eles que você vai utilizar para mostrar ao seu cliente o valor do seu serviço.

    Use os princípios da contabilidade para argumentar com o seu prospect ou até mesmo os seus clientes, para que eles possam entender todos os afazeres do seu escritório de contabilidade.

    Veja quais são os princípios da contabilidade

    princípios

    Assim como o significado de princípio, na contabilidade não seria diferente, existem alguns pontos que precisam ser levados em consideração quando o assunto é contabilidade, e os princípios da contabilidade que estão em vigor no Brasil atualmente são:  da entidade, da continuidade, da oportunidade, da prudência, do registro pelo valor original e da competência.

    Ou seja, ps princípios da contabilidade são o que regem o exercício da profissão, e estão dentro das normas brasileiras de contabilidade.

    Eles são o que podemos chamar de a essência contábil, essência das doutrinas, normas e teorias referentes a ciência da contabilidade.

    Ainda que em uma ordem, eles não têm uma hierarquização definida, isso porque todos os princípios da contabilidade devem ser observado simultaneamente.  

    E uma das formas que você pode argumentar e provar o valor dos seus serviços aos seus clientes é a utilização dos princípios da contabilidade para isso, veja o que significa cada um deles.

    Princípio da entidade

    Quando se fala sobre os princípios da contabilidade um deles diz respeito ao da entidade. Nele o que está em evidência é o objeto da contabilidade, que é o patrimônio.

    Esse princípio ainda traz uma afirmação de que os bens dessa empresa não podem ser confundidos, e de fato não se confundem com os bens particulares.

    Além disso, esse princípio da contabilidade também inclui a relação patrimonial com outras empresas, determinando que a soma ou a agregação de patrimônios de entidades diferentes não leva a criar uma nova entidade.

    Princípio da oportunidade

    Já o outro princípio que compõe essa lista, é o da oportunidade. Ele é responsável pelo processo de mensurar a apresentar os componentes patrimoniais que vão produzir informações íntegras e também convenientes.

    Ele é um fator determinante que se refere as informações mais íntegras possíveis, sem omissão alguma e em tempo hábil para tomadas de decisão que a contabilidade deve ficar atenta.

    Princípio da prudência

    Esse princípio tem como seu objetivo principal o de deixar as empresas em questão preparadas para os piores desafios e cenários que podem aparecer no decorrer dos anos, conseguindo evitar que o ativo seja superestimado e o passivo subestimado.

    Neste caso, ao entrar neste princípio a contabilidade está de acordo em mostrar todos os caminhos possíveis para o cliente, e sempre que existirem mudanças no patrimônio que afetem também o patrimônio líquido, é dever da contabilidade lançar os menos valores para os ativos e os menos para os passivos.

    Princípio do registro pelo valor original

    Neste princípio está exposto que as transações feitas referente às empresas precisam e devem estar registradas nos valores da moeda do país.

    Mas olha só, se a transação acontecer em moeda estrangeira, na hora do lançamento ela deve ser revertida para a moeda nacional.

    Isso é necessário para que todos os registros do patrimônio e suas mutações sejam homogêneos.

    E o valor original em questão acaba determinando qual vai ser a linha de base do registro do patrimônio, que não pode ser alterada.

    Você pode explicar ao seu cliente que as únicas variações que podem ser registadação são de custo corrente, valor realizável, presente, justo e a atualização monetária, de acordo com o que rege os princípios da contabilidade.

    Princípio da competência

    Esse é o que determina que as receitas e as despesas devem ser incluídas nos registros da empresa no momento em que aconteceram, sem levar em conta o recebimento ou o pagamento feito de dato.

    Esse princípio da contabilidade está estritamente ligado com o pressuposto de simultaneidade, referente as transações feitas pela empresa.

    Agora que você já recordou e sabe quais são os princípios da contabilidade, pode começar a pensar em como estruturar seus possíveis argumentos para apresentá-los aos seu possíveis clientes e até mesmo para os seus clientes.

    Assim eles vão conseguir entender melhor qual é o seu serviço e porque ele precisa de você, para que você consiga sempre dar o seu melhor e oferecer o melhor serviço possível ao seus clientes.

    Fazendo isso você com certeza vai provar o valor do seu serviço e seus clientes vão entender qual é a importância da sua contabilidade para ele.

    Share on facebook
    Share on twitter
    Share on linkedin
    Share on whatsapp

    Leia também

    O que você procura?

    Categoria

    Categorias

      Assine nossa newsletter

      Seja um parceiro Myrp.