A importância de uma empresa familiar bem estruturada

empresa-familiar-bem-estruturada
No Brasil, muitas empresas são estruturadas por membros da mesma família, segundo informações do Sebrae. Diferente do que muitos pensam, administrar esse modelo de empreendimento é uma missão dura, que necessita muito planejamento, braço firme e controle emocional.
Com o passar do tempo, podem surgir algumas confusões entre as relações profissionais e familiares e se houver descontrole por parte do gestor, a falência é anunciada.
Um modelo de gestão com mais chances de sucesso e longevidade de negócio é aquele baseado em dois princípios: meritocracia e melhoria contínua. Quer entender melhor? Explicamos a seguir.
 
A diferença entre “empresa familiar” e “família empresária”
Na “empresa familiar”, todos são vinculados por laços de parentesco. Sendo assim, há uma certa confusão entre trabalho, empresa e família. Por isso, as tomadas de decisões são influenciadas pela emoção e acabam não sendo assertivas.
Na “família empresária”, a diferença está no tipo de relação entre os parentescos dentro dos muros da empresa.  A bandeira da meritocracia é hasteada. Ou seja, cada um é reconhecido pelo seu mérito e desempenho. A amizade ou o amor não influenciam nas decisões e na ascensão de um funcionário. Resumindo: não contrate quem você não pode demitir.
 
O Ciclo PDCA
Em pequenos e médios negócios, muitas vezes falta planejamento, organização, adesão de ferramentas tecnológicas, entre outras coisas que fazem uma empresa crescer. Por isso, muitos processos terminam improvisados e os empresários não progridem como gostariam.
Para fugir disso é útil utilizar o Ciclo PDCA. As letras PDCA vêm do inglês e significam plan (planejar), do (executar), check (checar) e act (agir).
A técnica propõe que os processos sejam aperfeiçoados continuamente, na seguinte ordem: planejar, executar o plano, medir os resultados e agir corrigindo aquilo que for necessário dentro do plano inicial.
 
Gestão eficiente para empresas familiares
Para o negócio sobreviver por várias gerações é preciso adotar um modelo de gestão baseado em princípios e técnicas que possam ser seguidos por todos. Seguindo os princípios da meritocracia e do Ciclo PDCA, a empresa fortalecerá os controles internos e terá uma base mais sólida para crescer e se desenvolver no mercado.

O que você procura?

Categoria

Categorias

    Assine nossa newsletter

    Teste Grátis

    Faça um teste grátis

    Exporte o XML das notas fiscais dos seus clientes

    Seja um parceiro Myrp.