Aprenda a calcular o preço de venda de seus produtos ou serviços

    Definir o preço de venda de um produto ou serviço certamente é uma das maiores dificuldades no dia a dia de um empreendedor, seja ele de qualquer segmento de negócio. Sempre há dúvida se o preço realmente é justo (para cobrir despesas e gerar lucro) e se é competitivo (para se destacar entre as demais marcas que estão no mercado).

    Fatores de impacto no preço

    Existem diversos fatores que influenciam na hora de formar os preços, como explica o professor da Universidade Regional de Blumenau, Ari Roedel. Entre eles estão:

    • A capacidade e a disponibilidade de pagar do consumidor;
    • A qualidade /tecnologia do produto em relação às necessidades do mercado consumidor;
    • A existência de produtos substitutos a preços mais vantajosos;
    • A demanda esperada do produto;
    • O mercado de atuação do produto;
    • O controle de preços impostos pelos órgãos governamentais;
    • Os níveis de produção e/ou vendas que se pretende ou que se pode operar;
    • Os custos e despesas de fabricar, administrar e comercializar o produto;
    • Os ganhos e perdas de gerir o produto.

    Por onde começar

    Com tantos fatores para analisar, um bom caminho é começar pelo cálculo mais básico. Ou seja, na hora de definir o preço de venda, ele deve ser suficiente para cobrir todo o custo daquele produto ou serviço. Isso deve incluir as despesas variáveis + os custos fixos + o lucro líquido em cima da venda.
     
    Para fazer o cálculo é preciso levar em consideração os custos fixos e as despesas variáveis. Os custos fixos são aqueles que a empresa tem todos os meses: como aluguel de imóveis, salário dos colaboradores, água, energia elétrica, telefone, etc.
    Os custos variáveis são aqueles que surgem de acordo com determinadas situações ou períodos: como gastos com manutenção de equipamentos, investimentos em uma ampliação, etc.
    Além disso, ainda é preciso incluir na conta a rentabilidade que se deseja obter para chegar ao lucro da venda.
    Isso é a parte financeira interna do negócio. Mas só olhar para dentro não basta!

    Equilíbrio entre custos e mercado

    Para chegar a um valor correto, é preciso ainda encontrar um equilíbrio entre os preços que estão sendo oferecidos no mercado e o preço estabelecido com base nos custos e despesas do negócio.
    Não é possível se basear somente nos dados internos das empresas, com seus gastos, e formar um preço muito acima dos demais concorrentes. Dessa maneira, é grande o risco do produto ser rejeitado pelos consumidores.
    É preciso então levar em consideração também o mercado, fazendo uma comparação com os preços dos concorrentes que têm produtos ou serviços em categorias similares de qualidade.

    Redução de custos x aumento de valor agregado

    E se o preço do mercado for menor que o necessário para cobrir meus custos? Se o preço da concorrência for menor que o seu, é preciso reavaliar e reduzir custos, ou diminuir a margem de lucro.
    Nesse caso, a saída é reorganizar o planejamento financeiro do negócio e ver onde é possível cortar despesas para tornar a venda do produto viável dentro da realidade de valores do mercado. E aqui pode ser fundamental a ajuda de um sistema de gestão.
     
    Em um software de gestão, o empreendedor pode organizar categorias de receitas (o que a empresa ganha) e de despesas (o que a empresa gasta), como um centro de custos da empresa.
    Com categorias bem específicas e atualizadas sempre de forma constante e correta, o gestor pode visualizar exatamente em quais itens está gastando mais dinheiro e assim planejar melhor como cortar determinados custos que impactam lá na frente no preço final do produto.
    OK, você não tem mais onde reduzir custos e não quer diminuir a sua rentabilidade, então, outra possibilidade é manter esse preço um pouco acima do mercado, mas oferecer ao consumidor argumentos suficientes que mostrem diferenciais no produto, no atendimento, que de fato agreguem valor para quem está comprando sua marca!
    E então, anotou o que é preciso levar em consideração para formar o preço do produto ou serviço de sua empresa?  Compartilhe essas informações para que outros empreendedores também possam fazer o mesmo!
    E deixe suas perguntas ou sugestões aqui nos comentáriosJ
     
     
    Banner Ebook Planejamento Financeiro Empresarial
     
     
     
     

    O que você procura?

    Categoria

    Categorias

      Assine nossa newsletter

      Teste Grátis

      Faça um teste grátis

      Exporte o XML das notas fiscais dos seus clientes

      Seja um parceiro Myrp.