MARKETPLACE: DESCUBRA O QUE É E COMO USÁ-LO PARA AUMENTAR SUAS VENDAS

    GRAVATA: Novo modelo de negócio expande parcerias entre empresas e aumenta oferta de produtos aos consumidores
    Se consolidando cada dia mais no Brasil, os modelos de negócios voltados aos marketplaces, também conhecidos como feirões virtuais ou e-shoppings ganham cada vez mais visibilidade no Brasil. Os números não deixam dúvidas: entre setembro e dezembro de 2016, o crescimento foi de 24%, passando de 5.017 para 6.256 sellers. Mas, afinal, O que é um marketplace? Como ele funciona? Por que cresce tanto?
    Marketplace pode ser definido como um modelo de comércio eletrônico disponibilizando diversos produtos com inúmeros vendedores. Nesta dinâmica, o consumidor tem acesso a um leque maior de itens, podendo comparar condições como: valor da mercadoria, do frete, prazo de entrega e garantia. Diante de tais opções, o comprador dispõe de mais alternativas no momento de consumo, escolhendo pelo fornecedor que melhor atende às suas demandas.
    Se para os consumidores as informações são animadoras, para os empreendedores o cenário não muda: de acordo com a ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico), a previsão do faturamento do mercado e-commerce nacional deve crescer 12% em relação a 2016, futurando impressionantes R$ 59,9 bilhões.
    As oportunidades se estendem também para lojas físicas: elas podem anunciar suas mercadorias em um marketplace, eximindo-as da necessidade de arcar com custos de criar e manter uma loja virtual.
    E AGORA? COMO VOU ENTRAR EM UM MARKETPLACE?
    Marketplace - 3
    O primeiro passo é definir em qual marketplace você deseja colocar sua marca. Há empresas já consolidas no mercado nacional que abrem suas janelas virtuais para divulgação de empresas parceiras como a B2W (que agrupa os e-commerces Lojas Americanas, Submarino e Shoptime). O desafio, para o empreendedor, neste momento, é ser um intermediador; um estrategista. Entrar em um marketplace demanda responsabilidade ao ofertar produtos, pois o marketplace faz a intermediação entre vendedor e consumidor. Todos os trâmites de faturamento, conferência de estoque, entrega, montagem (quando necessário) são atribuídas ao vendedor, que após a concretização de todos esses processos, paga uma comissão ao parceiro pela venda proporcionada.
    Portanto, atente-se em estruturar sua empresa com um sólido departamento de logística, com parceiros de confiança. No momento de entrega, falhas não serão aceitas; na hipótese de acontecer, você poderá ser retirado do marketplace e não será fácil reconquistar o campo perdido. Prepare-se.
     
    SEGREDOS PARA AUMENTAR SUAS VENDAS
    marketplace 4
    Alguns dos segredos que fortalecem essa relação é a organização do fornecedor quanto a cumprir com os tratos estipulados. Prazo de entrega, valor de frete, preço e garantia estão entre os quesitos avaliados no instante de firmar parcerias. Outro erro comum que enfraquece esse tipo de negócio é o esgotamento de produtos. O consumidor, no instante de navegação, ao ser encaminhado à página de compra, e se depara com a mensagem “produto esgotado” ou “sem estoque”, se frustra, levando-o a migrar para outro e-commerce.
    Se prevenindo neste quesito, algumas empresas vêm atuando por meio do modelo drop shipping, efetuando venda de produtos sem tê-los em estoque. Para tanto, precisam ter fornecedores com alto grau de profissionalismo e celeridade de produção, além de possuir um departamento de logística muito qualificado para entregar as mercadorias vendidas.
     
    CAPRICHE NAS FOTOS
    Marketplace-2
    Muito antes da consumação da venda, o desejo de consumo deve ser instigado no comprador. Imagens com qualidade profissional, ilustrando como ficaria “x” ou “y” produto em uso ganham muita visibilidade. Se imagine comprando um sofá de luxo. Ao avistar diversas ofertas, você tem duas mercadorias similares. A primeira possui fotos somente do sofá; a segunda tem ele já organizado em uma sala toda decorada, onde a imagem dispõe a peça como principal na ambientação. Instigue a imaginação do seu cliente para que ele deseje concretizar a compra.
     
    DESCRIÇÃO DE PRODUTOS
    marketplace 5
    Outro detalhe que pode ajudar ou atrapalhar ao anunciar é a descrição do produto. Determinadas mercadorias têm um valor mais elevado por fornecer mais funções ou fazê-las de modo mais eficiente. Destaque características que diferenciem seus produtos dos demais e que deixem claro que vantagens seu consumidor terá ao adquiri-lo.
     
    OLHO NO PREÇO
    Marketplace 6
    Dependendo do seu ramo de atuação, você poderá ter os mesmos fornecedores que seus concorrentes. Este fato o depara em anunciar o mesmo produto que outro lojista. Na internet, consumidor busca preço! Confira sempre que puder como o seu item está rankeado. Isso impactará diretamente no resultados de vendas.  Em contra ponto, não deixe esse fator prejudicar o caixa de sua empresa. Não cogite vender um produto com um valor que lhe causará prejuízos. O que está em jogo é a saúde financeira do seu negócio.
    SÓ PREÇO NÃO BASTA…
    marketplace 7
    Dentro dos marketplaces, há os chamados Buybox, que nada mais são do que espaços de maior destaque dentro de anúncios. Para ganha-lo, o preço do produto é o item mais relevante para tê-lo, mas não é o único: valor de frente, prazo de entrega e garantia também têm peso para privilegiar sua mercadoria. Por exemplo: de nada adianta ter um preço final 5% menor que seu concorrente sendo que seu prazo de entrega é três vezes mais demorado e seu valor de frete aumenta o valor final de compra.
    PRODUTOS EXCLUSIVOS
    marketplace 8
    Alternativa para driblar a concorrência, a oferta de produtos exclusivos é uma das formas de otimizar seus resultados dentro do marketplace. Lojistas, principalmente do ramo mobiliário têm pedido exclusividade em determinadas mercadorias, excluindo, desta forma, a possibilidade de outros vendedores ofertarem o mesmo item.
    E-MAIL MARKETING
    Marketplace 9
    Estratégia cada vez mais adotada pelos marketplaces, o e-mail marketing funciona como uma espécie de saldão; as ofertas imperdíveis da semana. Para tanto, exige-se um preço muito abaixo do normal para que a maior visibilidade aumente exponencialmente as vendas, compensando a diminuição de preço. Para entrar no e-mail marketing do parceiro, é preciso muita negociação, tanto com o marketplace quanto com o fornecedor, que deverá ser convencido na vantagem em baixar seu preço de venda.
    CONCLUSÃO
    Se estabelecendo como um paradigma no mercado do comércio eletrônico no Brasil, modelos de negócios voltados aos marketplaces provam a cada dia mais seu potencial na elevação de vendas por meio de parcerias. Somente entrar neste padrão empresarial não garante resultados. O amparo de parceiros com profissionais qualificados nas áreas de tecnologia, TI, comercial e de logística serão os alicerces para empresa cumprir com o prometido no instante de concretização das vendas. Cumprindo essas exigências, com o passar do tempo você ganhará confiança em seu marketplace e também credibilidade por parte do seu consumidor, que passará a conhecer e enxergar sua empresa com bons olhos neste mercado tão competitivo.
    Esse post serviu de auxilio para o aumento de suas vendas? Leia também sobre Análise Swot.
    MYR_banner_ebook
     

    O que você procura?

    Categoria

    Categorias

      Assine nossa newsletter

      Teste Grátis

      Faça um teste grátis

      Exporte o XML das notas fiscais dos seus clientes

      Seja um parceiro Myrp.