Como ser um empreendedor de sucesso : 6 atitudes que diferenciam empresas bem sucedidas.

Quando o assunto é negócio próprio, não existe formula mágica. Ser bem-sucedido com o empreendedorismo é um fator que pode ser atingido por qualquer pessoa, independentemente da idade. Porém, a fundação de um negócio e ser seu próprio chefe não é assim tão simples. Uma boa ideia não é o suficiente, é preciso se manter atualizado e entender o mercado, a fim de evitar acontecimentos inesperados. O sucesso nunca é garantido, mas algumas etapas a serem seguidas podem facilitar o caminho até ele.
Confira agora as 6 dicas que te deixarão mais próximo do sucesso:

1) Tenha uma boa ideia

Apesar de não ser o único ponto importante no empreendedorismo, ter uma ideia boa tem sim extrema relevância. É o primeiro passo para abrir seu negócio, entretanto, ideias boas têm de muito, o problema é tirá-las do papel. Para concretizar seu pensamento, é importante:

  • Avalie se a ideia é realista, analise questões como tempo de fabricação, custo e popularidade (se o público vai aceitar);
  • Faça uma pesquisa sobre seu público-alvo, analise lugares que poderiam comprar seu produto, quais ações te motivam a trabalhar e com que você tem mais familiaridade, quais produtos seus futuros clientes comprariam, etc.;
  • Pense em um produto fácil de fabricar, isso facilitará a comercialização;
  • Inove, pense em algo que ainda não existe ou não tem popularidade;
  • Não imite marcas/produtos já existentes, isso causa uma má primeira impressão ao cliente;
  • Aceite as críticas construtivas, esteja sempre aberto a novas opiniões;
  • Faça uma pré-projeto de pesquisa para ver se as pessoas realmente utilizariam seu produto/serviço.

shutterstock_4163743362) Ame o que você faz

Criar um novo negócio leva tempo e muito esforço. Assim, é recomendado criar algo que você realmente se identifique e goste para não acabar gerando apenas estresse. Tenha um bom ambiente de trabalho, contrate pessoas que realmente prezarão em adiantar sua ideia, dedique tempo ao seu negócio, dê valor a si mesmo e se dedique ao máximo.
Os mais bem-sucedidos empreendedores de hoje começaram do zero, fazendo por amor o que realmente gostavam.
O empreendedorismo pode ser comparado à arte, no começo só existe um quadro branco, quem decide como preenchê-lo é você.

3) Pense em algo que irá realmente adiantar a vida das pessoas

Novas necessidades surgem todos os dias. A demanda por serviços/produtos, perante a enorme esfera capitalista, só tende a aumentar a cada dia que passa. Pense em algo diferente, coloque-se no lugar do seu cliente.
Um ótimo exemplo desse tópico é o UBER, uma ideia simples, baseada em outra que já existia (os taxis) e que vem ganhando muita aderência na população. O UBER surgiu com dois jovens que tiveram dificuldade em pegar um taxi, viram a necessidade e decidiram atendê-la. Esse ideal deve ser sempre valorizado.
Antes de lançar seu novo negócio, faça a pergunta a si mesmo: Você compraria?

4) Seja persistente

Persistência é indispensável para alcançar o sucesso. As maiores empresas receberam muitos “nãos” antes de chegar ao lugar onde estão. É normal que, nas primeiras apresentações, seu projeto não seja valorizado e entendido da devida maneira, tanto que a concepção é variável de pessoa para pessoa e é muito comum que não compreendam o que você quis demonstrar.
Entretanto, não se pode confundir persistência com teimosia. Insistir em um produto que não está dando certo é um erro grave, esse ato pode causar prejuízo nas finanças e muito tempo perdido. O empreendedor deve ser flexível e se adaptar ao que mercado está pedindo.

5) Planeje

O planejamento é outro fator muito importante para quem está ou quer entrar no ramo do empreendimento. Planejar seu negócio ajuda a diminuir os riscos e evitar o sofrimento com desperdício de produtos. Existem sim muitos casos de grandes empresas que cresceram sem nenhum planejamento, porém, a probabilidade se torna muito menor.
Além disso, o planejamento desde o início do negócio garante maior organização, evitando incidentes indesejáveis.
shutterstock_305734706

6) Procure por um investidor

Um dos maiores problemas encontrados ao se começar um negócio é o investimento necessário. Geralmente, produzir um produto/serviço não sai nada em conta, assim, uma alternativa para quem não tem o capital básico é procurar um bom investidor, isso pode ser uma boa saída.
Os investidores geralmente são compostos por empresários, executivos e profissionais liberais. Pela troca de seu serviço, pedem uma participação minoritária na sua empresa (normalmente entre 5 e 10% do seu patrimônio). Ele não tem posição executiva no empreendimento, mas atua como um conselheiro/mentor.
 
O caminho até o sucesso pode ser longo e estreito, mas é muito gratificante. Ninguém vira um grande empreendedor do dia para a noite, então, não desista do seu sonho. As dicas serão de grande auxilio nessa longa caminhada.
 
Este artigo conseguiu auxiliar na jornada para se tornar um bom empreendedor? Veja também o post sobre Mercado de nicho : vale a pena investir?
INB_MYR_20161031_Capa_Ebook Gestao de marcas

O que você procura?

Categoria

Categorias

    Assine nossa newsletter

    Teste Grátis

    Faça um teste grátis

    Exporte o XML das notas fiscais dos seus clientes

    Seja um parceiro Myrp.