Entenda as siglas tributárias

    Share on facebook
    Share on twitter
    Share on linkedin
    Share on whatsapp

    A legislação tributária é bastante específica e muitas vezes complexa, o que acaba tornando o assunto distante da realidade de muitos empresários. Falar de tributos e impostos é importante para a gestão de qualquer empresa, por isso, iremos explicar algumas destas siglas e para que elas servem.

    • Alíquota: É a porcentagem que incide sobre a base de cálculo de algo tributado.
    • Base de Cálculo: Quantia sobre o qual se aplica a alíquota que irá determinar o valor do tributo devido, ou seja, o valor que será tirado o percentual do imposto.
    • COFINS significa Contribuição para Financiamento da Seguridade Social. É um imposto cobrado pela União sobre o faturamento bruto de empresas, cujo objetivo é atender programas sociais do Governo Federal.
    • Contribuições Parafiscais: Dentro destas contribuições está o FGTS, Contribuições Econômicas e Emolumentos.
    • CSLL:Contribuição sobre o Lucro Líquido ou Receita Bruta da empresa.
    • Planejamento Fiscal: A escolha entre o Lucro Real ou Lucro Presumido são uma delas. Pois entende-se que é o uso de ferramentais legais que visam diminuir o pagamento de impostos das empresas.
    • FGTS: É o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço depositado na Caixa Econômica sob a folha de pagamento. O empregador poderá fazer o resgate da quantia em algumas situações, como demissão sem justa causa, por exemplo, financiamento de imóveis etc.

    Entenda as siglas tributárias-blog-myrp-jpg-2

    • ICMS:Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços. É um imposto brasileiro onde cada estado possui a sua tabela de valores.
    • Imposto Declaratório: São os tributos que precisam ser recolhidos por meio de declarações, formulários ou DARF, como IPI, ICMS, IPTU, ITR, IR, INSS, FGTS etc..
    • IOF:Imposto sobre Operações Financeiras (Crédito, Câmbio, Títulos, Seguros e Valores Imobiliários). É um imposto montante sobre estas operações, e a alíquota utilizada pode ser regressiva, progressiva, proporcional, variável ou fixa.
    • IPI: Imposto sobre Produtos Industrializados. É um tributo previsto na Constituição que incide sobre as vendas de produtos nas indústrias, e de pessoas jurídicas que importam estes produtos.
    • IPTU: Imposto Predial e Territorial Urbano. É um imposto municipal anual que varia de uma cidade para outra, cobrado aos proprietários de imóveis.
    • IPVA: Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores. É um imposto estadual cobrado aos proprietários de veículos, que deve ser pago todos os anos. Do total arrecadado, metade é repassado ao estado, e a outra metade à cidade onde o veículo foi emplacado.
    • IRPJ: Imposto de Renda de Pessoa Jurídica. Pessoas jurídicas não isentas sobre seu Lucro Real, são feitas adições e exclusões sobre os lançamentos, ou sobre a Receita Bruta. Caso a empresa esteja enquadrada no Lucro Presumido, sendo o percentual entre 1,6% a 32%, também deve-se pagar o IFPJ.
    • IRRF/PJ: Imposto de Renda Retido na Fonte de Pessoa Jurídica. É o tributo que incide sobre os pagamentos de uma pessoa jurídica a outra pessoa jurídica. A alíquota pode variar de 1% a 1,5% dependendo da atividade que se enquadra a empresa.
    • ISS: Imposto sobre Serviços. Este é um imposto municipal sobre a prestação de serviços de pessoas físicas e jurídicas sujeitas ao imposto. A cobrança varia conforme a legislação municipal, que varia de 2% a 5%.
    • NF: Nota Fiscal. Ou NF-e, pela definição brasileira, é um documento de existência apenas digital, que é emitido e armazenado eletronicamente, cuja função é documentar uma operação de circulação de mercadorias ou uma prestação de serviços, ocorrida entre as partes.

     
    E você, tem alguma dúvida sobre as siglas contábeis? Deixe aqui nos comentários.
     
    Sistema de Gestão myrp
     

    Share on facebook
    Share on twitter
    Share on linkedin
    Share on whatsapp

    Leia também

    Como emitir Nota de Saída: passo a passo definitivo

    O que você procura?

    Categoria

    Categorias

      Assine nossa newsletter

      Como emitir Nota de Saída: passo a passo definitivo

      Seja um parceiro Myrp.