Saiba como o varejo está economizando tempo e dinheiro com a adoção da NFC-e em Santa Catarina

    Share on facebook
    Share on twitter
    Share on linkedin
    Share on whatsapp

    A Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e) já está presente em quase todos os estados do Brasil. A implementação teve início há mais de 10 anos e tem acelerado o processo nos estados que ainda não estão aptos à obrigatoriedade no dia a dia do comércio varejista.

    Em Santa Catarina, o ano de 2021 foi marcado por um processo lento de adaptação ao novo documento fiscal, que ainda continua acontecendo. Atualmente a NFC-e é facultativa no estado, ou seja, não obrigatória. A importância da implantação por todo o país tem a ver, principalmente, com a facilitação da emissão destas notas e dos processos envolvidos,  gerando economia financeira e de tempo para os lojistas do estado.

    O sistema de emissão de NFC-e do Myrp também está sempre atualizado com a legislação fiscal brasileira. Sem necessidade de uma impressora fiscal, o custo com papéis é reduzido e não há necessidade de manutenção com equipamentos. Com checkout facilitado, o Myrp é acessível em qualquer navegador e em qualquer dispositivo, seja computador, tablet ou smartphone. Além disso, o backup de documentos é realizado “em nuvem, possibilitando alta segurança aos dados e informações.

    O diretor técnico do Myrp, Tibério César Valcanaia, explica que a implantação da NFC-e abre espaço para diversas mudanças no cenário do comércio varejista para os próximos anos. “Além disso tudo, por não precisar de uma impressora fiscal, o modelo abre oportunidades para novas formas de venda, como o checkout móvel, permitindo que o vendedor finalize as vendas sem necessidade de passar por um caixa, por exemplo, além de reduzir custos com compra de papéis e espaço para armazenamento”, explica Tibério. 

    A proprietária da loja Noa Noa, cliente do sistema Myrp, Valéria de Fátima Trentini, conta que economizou milhares de reais por mês após adesão ao sistema. “Com o Myrp eu não precisei instalar nada e usei o equipamento que eu já tinha. Tudo que economizei nesse processo eu pude investir diretamente em mercadorias”, conta Valéria.

    Do outro lado estão os profissionais da área contábil, que se beneficiam muito pelo uso da NFC-e, conseguindo realizar o download dos dados e informações de seus clientes em poucos segundos.

    Além disso, a parametrização fiscal é automática no sistema do Myrp, com fechamento contábil acontecendo em até 15 minutos. Com a NFC-e, a contabilidade ganha espaço físico e armazena os documentos digitalmente.

    A praticidade e a tecnologia como aliadas nos processos são o futuro. Não deixe de consultar as possibilidades de inovar o seu negócio e #VamosCrescerJuntos 

    Share on facebook
    Share on twitter
    Share on linkedin
    Share on whatsapp

    Leia também

    O que você procura?

    Categoria

    Categorias

      Assine nossa newsletter

      Seja um parceiro Myrp.