4 Tendências para o Varejo em 2022

    Share on facebook
    Share on twitter
    Share on linkedin
    Share on whatsapp

    Participar de um evento como a NRF2022 não é apenas uma oportunidade de conhecer diversos projetos e realidades de mercado, mas é principalmente o momento de captar o que vem por aí no decorrer do ano.

    Nosso executivo Paulo Guimarães (Peguim), também presidente da AFRAC esteve lá e contou para a gente quatro principais tendências tecnológicas para o ano de 2022, que percebeu em sua viagem.

    METAVERSO E OMNICANALIDADE

    As primeiras duas tendências que podemos destacar têm a ver com a multicanalidade e a presença do novo Metaverso apresentado pela empresa Meta.

    A nova realidade do varejo tem em mente a convergência dos diferentes canais de compra, venda, comunicação e comércio. Mais do que nunca estamos fazendo do consumo digital uma prática recorrente, expandindo o mercado para novos horizontes. Com isso, surge a multicanalidade, que como o nome já diz, é a ligação de diversos canais a uma mesma empresa, marca ou produto, se relacionando diretamente com o consumidor.

    A Omnicanalidade (chamado também de OmniChannel), leva isso um passo adiante, quando esses canais não se ligam apenas com o consumidor, mas também se conectam entre eles mesmos. O OmniChannel traz em si a necessidade de integrar todos os sistemas e locais de compra, venda e consumo. Isso, sem citar questões como: controle de estoque; unidades de vendas; disponibilidade para retirada e entrega, entre outras coisas.

    Segundo a pesquisa Global Marketing Trends 2022, da Deloitte, neste ano as empresas buscarão investir cada vez mais nas experiências físicas e digitais.  Mesmo em um ambiente predominantemente online, as pessoas ainda desejam experiências mais humanas no contato com o digital, estimulando a inserção de IAs e sistemas focados na integração dos dois lados da moeda.

    A principal ideia por trás da inovação em OmniChannel é que o ambiente – virtual, físico ou híbrido – traga a mesma experiência de consumo em todas as suas formas, mantendo uma identidade consistente e prezando sempre pela praticidade e funcionalidade ao cliente.

    Ao falarmos de tendências no mundo da tecnologia, o Metaverso não pode ficar de fora. Anunciado no ano passado, o grande projeto do Facebook (agora chamado de Meta) promete um mundo virtual alternativo, que simule a realidade na esfera digital.

    O Metaverso foi assunto de destaque nas discussões durante a NRF22. Inserido nesse universo, o varejo simularia uma experiência próxima a que se tem hoje no mundo real, com as compras sendo feitas por um avatar em uma loja virtual. Com corredores digitais, a ideia é que ambientes voltados para a compra sejam disponibilizados.

    Algumas empresas, como a Nike, já tem pensado na integração entre os universos real e virtual. A ideia é que, ao comprar um tênis em uma loja física, o consumidor ganhará recompensas digitais que podem ser usadas no mundo virtual. Para o varejo de roupas, uma possibilidade será disponibilizar o lançamento de itens primeiramente no virtual, para utilização em avatares (personificações digitais), com objetivo de analisar a receptividade de um produto.

    SISTEMAS CLOUD, MOBILE E ATUALIZAÇÃO RÁPIDA

    Já as outras duas tendências são extremamente importantes para a boa performance de realidades em OmniChannel. Além da necessidade de novas tecnologias, mais do que nunca o dia a dia exige agilidade para atualizar e implementar o que há de novo, essa é outra tendência.

    Com esse cenário em mente, é preciso que antes de tudo, as empresas se preparem e fortaleçam seu “Back Office”, como são chamados os profissionais por trás dos processos, aqueles que não ficam na linha de frente. Esse fortalecimento é imprescindível para que haja um suporte e uma rede de apoio consolidando e garantindo o sucesso de qualquer que seja o negócio.

    Apesar de iniciativas de consolidação e eficiência operacional já terem sido implementadas, os setores tributário e fiscal também demandam aceleração na adoção e atualização das tecnologias que estruturam o funcionamento dos sistemas diariamente. Muitas das tecnologias hoje necessárias são discutidas há muito tempo no cenário global, mas apenas agora têm espaço aberto a suas publicações e à efetividade da implementação técnica necessária.

    A quarta tendência não é nenhuma novidade no mundo tech, os sistemas em nuvem e os dispositivos mobile já estão presentes há bastante tempo, mas observando a necessidade de atualização e mobilidade, a necessidade de usá-los no cotidiano do comércio só tem crescido no Brasil, principalmente nos últimos anos. A presença multiplataformas e a necessidade de adaptação aos novos cenários podem ser resumidas no termo: ubiquidade tecnológica.

    Esse termo, normalmente se refere a quebra na “temporalidade e no espaço” da comunicação entre plataformas…mas o que isso significa na prática?

    Os sistemas em nuvem não são apenas mais ágeis, como também mais seguros, interconectados e de fácil acesso independente do local, graças aos dispositivos mobile, que já carregam no nome sua principal característica: a mobilidade.

    A ideia de ubiquidade não é nova por si só, mas a forma que está sendo implementada no mercado e aplicada aos negócios, exige inovação em grande escala. As principais barreiras para isso são relacionadas diretamente aos investimentos em uma escala maior, como a qualidade da rede de internet e a disponibilidade através do território. É impossível gerar resultados quando não há suporte para isso, o que interconecta a ubiquidade com a necessidade de atualização rápida, a terceira tendência .

    Isso tudo se torna ainda melhor, quando pensamos na redução de custos gerada por todo esse processo, a praticidade economiza tempo e dinheiro, revertido diretamente em um processo de trabalho otimizado para qualquer cenário de negócios.

    Em resumo, inovação, conectividade e coletividade são os principais tópicos para se destacar para 2022. A digitalização do varejo já é uma realidade e o MYRP está alinhado com o que há de mais moderno no mercado. E o seu negócio, já está preparado para ser cloud, mobile e omnichannel? Deixe nos comentários.

    Comentários
      Share on facebook
      Share on twitter
      Share on linkedin
      Share on whatsapp

      Leia também

      O que você procura?

      Categoria

      Categorias

        Assine nossa newsletter

        Seja um parceiro Myrp.