Dia do consumidor: você está preparado para uma das data mais importantes do varejo?

[kc_row use_container=”yes” force=”no” column_align=”middle” video_mute=”no” _id=”78413″][kc_column width=”12/12″ video_mute=”no” _id=”33152″][kc_column_text _id=”520054″]

O consumo é algo natural entre as pessoas, que apenas acontece, e algumas datas foram criadas para a comemoração deste ato de consumir tão comum entre todos, como por exemplo, a Black Friday e também o dia do consumidor.

Você já parou para pensar que tudo você compra, as vezes apenas por necessidade entra em uma estimativa de consumo?

Hoje o nosso assunto é o dia e a semana do consumidor. Quais são as estimativas, de onde ele surgiu e porque ele é comemorado no dia 15 de março, você vai descobrir neste post.

A data comemorativa

O dia do consumidor é comemorado no dia 15 de março, podemos considerar ainda o começo do ano, o primeiro trimestre, quando tudo ainda está se ajustando.

No Brasil a época é lembrada muitas vezes pela volta às aulas, pelo carnaval e também pela Páscoa, no entanto, para o varejo o dia do consumidor é o dia mais esperado.

A data foi comemorada pela primeira vez no mundo todo em 1983. Mas engana-se quem pensa que a data não tem um motivo, ou que em um belo dia o presidente acordou e pensou “hoje vamos instituir o dia do consumidor”, não foi bem assim.

O motivo da escolha desse dia foi  o discurso do Presidente, John Kennedy, em março de 1962, que falou sobre os direitos dos consumidores, como por exemplo: à escolha, informação, segurança e também o direito de ser ouvido. Na época o discurso fez com que vários debates acontecem e se tornou um marco no que diz respeito à defesa dos direitos dos consumidores.

E para que cada vez mais o ato de consumir, de comprar e também de vender fosse tomando formas e o consumidor de fato tivesse voz, algumas decisões foram tomadas, como por exemplo, algumas códigos  que foram instituídos.

A data no Brasil, apesar de comemorada no mesmo dia do resto do mundo tem um outro significado, a sanção do Código de Defesa do Consumidor, feita pelo então presidente, Fernando Collor de Mello, em 11 de setembro de 1990, mas que só passou a vigorar em 11 de março de 1991O código instituído garante todos os direitos que um consumidor tem diante da compra de produtos e também de serviços. 

O Ministério da Justiça idealizou um documentário em 2016 que fala sobre a evolução do movimento do consumo no Brasil. .

Ainda que o dia do consumidor seja uma data que movimenta muito o comércio varejista, ele não é tão conhecido e comentado no Brasil. Aqui ele começou a se popularizar mais como uma data que se assemelha a Black Friday.

E para você conseguir melhorar as suas vendas nessa época nós temos dicas incríveis para que a semana do consumidor e o dia do consumidor se tornem ótimos pra você, porque é nessa semana especial de compras que o seu cliente procura pelo seu produto, por promoções e comparações.

Dia do consumidor x Semana do Consumidor

Apesar do dia do consumidor ser apenas no dia 15 de março, a movimentação no varejo já começa algum tempo antes.

É na Semana do Consumidor que os possíveis clientes já começam a procurar e pesquisar sobre o seu produto, fazendo levantamento de preços, comparações e vendo quais são as características de cada um, até que ele decida-se por qual produto ou loja vai comprar.

O Google fez uma pesquisa em 2018 sobre essa data tão importante para o varejo brasileiro. O intuito era entender como era o comportamento do consumidor nessa semana exclusiva para compras e também para vendas.

Ao comparar as buscas do Dia do Consumidor entre 2017 e 2018 foi identificado que aconteceu um aumento extraordinário de 73% nas buscas de produtos no período correspondente à semana do consumidor.

O que foi levado em consideração é o fato de que a pessoa que comprou no dia 15 de março, dia do consumidor, começou a fazer a busca pelo produto na semana anterior, a chamada, semana do consumidor.

Comprar online ou ir até a loja?

De acordo com a análise feita pelo Google na mesma pesquisa, ainda existe um gosto enorme dos brasileiros por comprar em lojas físicas e não online, mesmo com o crescimento desse hábito.

A pesquisa apontou que 39% dos consumidores pretendem gastar o seu dinheiro indo até uma loja e escolhendo seu produto. Uma diferença enorme se for comparada com a data da Black Friday, que neste caso só 18% optam por esse tipo de compra e ignoram totalmente a internet para fazer suas compras.

No entanto, ainda que as compras tenham sido feitas na maioria das vezes em lojas físicas, a procura pelos produtos aconteceu em geral pela internet.

Em 2019, os canais de compra do consumidor não mudam muito da realidade que foi o ano passado.

Ainda segundo a pesquisa, os varejistas podem esperar bons números, isso porque 39% das pessoas pretendem comprar apenas em lojas físicas. Já as compras online vão ficar com apenas 29% dos fechamentos, segundo a estimativa.

E há também quem pretenda comprar em ambos os lugares, o que vai girar em torno de 32% dos consumidores.

Os mais procurados em 2018

Em 2018, os produtos mais procurados nas lojas físicas e também nas lojas online foram na sua maioria do ramo alimentício e de bebidas, que segundo o Google foram 35,4% das vendas, seguidos por itens de moda e beleza, que representaram 27,7% e em terceiro lugar, com 17,1%, aparelhos eletrônicos.

E o que as pessoas pretendem comprar em 2019

Podemos ver uma mudança dos produtos consumidos durantes os anos, e isso pode acontecer por diversos motivos. Na maioria das vezes os hábitos e a cultura de quem compra vai influenciar de forma direta no que ela vai ou pretende comprar.

Além disso, outros fatores mais comerciais também influenciam o consumidor de alguma forma, por exemplo a oferta e demanda do mercado naquele período e também a concorrência.

E o Dia do Consumidor em 2019 promete ser um pouco diferente do que foi em 2018, isso porque os itens mais possíveis de serem comprados, ou melhor, mais desejados, estão entre os smartphones e eletrônicos.

Segundo a pesquisa feita pelo Google, já citada anteriormente, a população pretende deixar para comprar a maioria dos seus itens no dia 15 de março, o dia do consumidor.

Abrindo o ranking temos os computadores e videogames, que representam 62% dos desejos das pessoas, e na sequência, coladinho, temos os smartphones com 61% e em terceiro lugar, aparelhos de TV que fazem parte de 59%.

[/kc_column_text][/kc_column][/kc_row][kc_row use_container=”yes” _id=”277359″][kc_column width=”12/12″ video_mute=”no” _id=”12435″][kc_column_text _id=”216028″ css_custom=”{`kc-css`:{`any`:{`typography`:{`line-height|,p`:`1px`},`box`:{`background|`:`eyJjb2xvciI6IiNmN2Y3ZjciLCJsaW5lYXJHcmFkaWVudCI6WyIiXSwiaW1hZ2UiOiJub25lIiwicG9zaXRpb24iOiIwJSAwJSIsInNpemUiOiJhdXRvIiwicmVwZWF0IjoicmVwZWF0IiwiYXR0YWNobWVudCI6InNjcm9sbCIsImFkdmFuY2VkIjowfQ==`,`margin|p`:`10px 10px 10px 10px`}}}}”]

O coelhinho está chegando!

Além do dia do consumidor, outra data importante que está se aproximando, é a Páscoa.O mercado e os consumidores estão atentos aos menores preços e promoções que vão ser feitas em torno do ramo alimentício e de bebidas, ainda mais em relação ao que vai ser consumido na páscoa.
A Páscoa esse ano vai ser comemorada no dia 21 de abril, sendo 37 dias depois do dia do consumidor, permitindo que ele se antecipe nas compras para a data.Nos super e hipermercados a tendência é que as vendas aumentam nos dias que antecedem a data, incluindo o dia do consumidor.
Das pessoas entrevistadas, 57% respondeu que a promoção nessa categoria de alimentos e bebidas pode aumentar a chance de compras serem feitas.Para o microempreendedor também existem maneiras de vender bem nessa época. Veja algumas dicas.

[/kc_column_text][/kc_column][/kc_row][kc_row use_container=”yes” force=”no” column_align=”middle” video_mute=”no” _id=”837763″][kc_column width=”12/12″ video_mute=”no” _id=”927775″][kc_column_text _id=”528121″]

 

Promoção no dia do consumidor

Por ser uma data onde a procura por produtos aumenta e consequentemente a concorrência também, muitas vezes quem tem o melhor preço acaba realizando a venda.

Por isso nós fizemos um top 3 dicas pra você se dar bem na hora de fazer uma promoção e ainda ter lucro!

#1 Entenda seu público

Você precisa saber qual é o seu público e para quem vai destinar suas promoções. Um estudo para entender quem são essas pessoas que estão interessadas em comprar o seu produto pode ajudar.

Analise as suas redes sociais, quais são os perfis dos seus seguidores e  também quais são as suas preferências, afinal, conhecer o gosto do seu público é importantíssimo.

#2 Saiba quais produtos colocar em promoção

Não da pra por toda a nossa loja com descontos sem que o varejo tenha impactos negativos, não é mesmo? Por isso é necessário fazer uma seleção dos itens.

Para isso, é legal colocar descontos nos itens mais vendidos, ou aqueles que você compra em grandes quantidades e consegue negociar com o seu fornecedor.

Outra ação que você, varejista, pode fazer no seu comércio é colocar os produtos mais rentáveis, mas que geralmente não vendem muito por terem um valor muito elevado.

Além disso, as promoções também são boas para movimentar seu estoque e vender rapidamente produtos que podem estar parados durante um tempo.

#3 Defina um objetivo!

Fazer isso é importante por que no final da sua época de promoção você consiga ver o que deu certo, o que não deu tão certo assim, quais foram os produtos mais vendidos e se você conseguiu o que queria.

Você precisa ter um objetivo para elaborar as melhores estratégias, que sejam claras e que tenham metas possíveis de serem alcançadas.

Além dessas três dicas incríveis, você pode conferir muitas outras ideias de como fazer uma promoção clicando aqui!

Prepare-se para o aumento das vendas

Fazendo boas promoções na semana do consumidor e também no dia do consumidor, você vai conseguir atrair mais clientes e consequentemente mais vendas, nós já falamos sobre isso né?

Inclusive, existe uma grande possibilidade de suas vendas serem tão boas quanto as vendas de super e hipermercados, por isso, foque também na qualidade do seu atendimento, que vai fazer com que as pessoas continuem voltando ao seu comércio após esse período.

Para não se perder diante de tantas vendas, tanto movimento e continuar dentro das exigências de emissão exigidas pelo fisco, você precisa de um sistema de Gestão Seguro, e o Myrp te ajuda nesse momento e você pode começar seu teste grátis agora mesmo, é só clicar!

Ele vai deixar registrado todas as vendas que você fez nesse período, e um fluxo de caixa simples, completo e eficiente é tudo que a gente quer né?

Para saber mais como fazer um fluxo de caixa eficiente e inteligente você pode conferir várias dicas aqui!

Agora que você já sabe tudo sobre como surgiu o dia do consumidor e quais são as atitudes importantes para essa época tão significativa para o varejo é só colocar tudo em prática e aproveitar os lucros!

Até a próxima!

[/kc_column_text][/kc_column][/kc_row]

O que você procura?

Categoria

Categorias

    Assine nossa newsletter

    Teste Grátis

    Faça um teste grátis

    Exporte o XML das notas fiscais dos seus clientes

    Seja um parceiro Myrp.