MPEs: Entenda a relação com o contador

    Share on facebook
    Share on twitter
    Share on linkedin
    Share on whatsapp

    O contador tem um papel importante nas MPEs (Micro e Pequenas empresas), porém muitas pessoas não percebem a relevância da atuação do contador junto das MPEs. Depois de 2016, essas empresas se beneficiaram com a regulamentação que foi implantada na constituição, tendo questões tributárias diferentes das demais, confira:

    A importância do contador

    O Contador tem um papel fundamental para todas as empresas, no entanto, quando se trata de micro e pequenas empresas, a função do contador ainda está muito secundário na visão dos donos. É necessário que os empreendedores entendam como o contador pode ser muito mais útil para o crescimento da empresa do que alguém que apenas calcula impostos e arquiva documentos.
    O contador, por ser um dos maiores conhecedores dos dados econômicos da empresa, é capaz de realizar um planejamento tributário e financeiro, gestão de desempenho, levantamento dos mais variados dados relacionados às estatísticas reais da empresa, entre outros serviços que otimizarão os processos.

    Pesquisa do SEBRAE

    O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) realizou uma pesquisa que busca ajudar a compreender a importância de o profissional da área de contabilidade estar junto às empresas de médio e pequeno porte. Confira os resultados:

    • 97% utilizaram serviços básicos;
    • 54% utilizaram o Contador no planejamento tributário;
    • 30% utilizaram o Contador para a implementação de sistemas informatizados;
    • 29% utilizaram o Contador para a solução de dívidas/pagamentos atrasados;
    • 29% utilizaram o Contador para a elaboração de relatórios de desempenho e diagnósticos;
    • 25% utilizaram o Contador para obter recomendações para melhorar o negócio;
    • 23% utilizaram o Contador como apoio na gestão financeira;
    • 21% utilizaram o Contador como apoio para acessar linhas de crédito;
    • 15% utilizaram o Contador na elaboração do plano de negócios.

    Levando em consideração esse levantamento de dados, é possível perceber que as empresas ainda não utilizam todo o potencial do contador em seu plano de negócios, sendo necessário uma conscientização.
    O contador é um forte aliado de qualquer empresa, mas principalmente das micro e pequenas, que tendem a ser as que mais têm dificuldades em realizar a sua gestão. Um profissional qualificado fará toda a diferença.

    Como conscientizar os empreendedores

    shutterstock_589223597
    O contador pode e deve tomar algumas atitudes para que ocorram mudanças dentro da área empresarial. Os empreendedores que não conhecem o potencial que um profissional da contabilidade possui para fazer a diferença no seu negócio não descobrirão por si só, portanto, é necessário demonstrar os serviços que o contador realiza além dos trabalhos básicos.
    Oferte: Ofereça e apresente para os seus clientes que têm empresas de pequeno e médio porte os serviços que você pode realizar, além do plano básico, que seria apenas fazer o levantamento de números. Indique resultados e estatísticas para que eles compreendam a diferença que é para o progresso da empresa ter um profissional qualificado da área contábil.
    Envolvimento: O interesse deve ser mútuo. Muitas vezes os empresários desejam que o contador esteja mais presente, no entanto, pela falta de conhecimento dos serviços, acabam deixando de lado esta questão. Demonstre interesse e procure se envolver mais com os seus clientes.
    Invista em consultoria: Para exercer serviços além do plano básico de contabilidade, você precisa estar preparado para executá-los. Invista em consultoria e se torne um especialista no assunto. Quanto mais conhecimento você tiver, mais seguros os seus clientes se sentirão e consequentemente irão procurar por um serviço mais aprofundado que envolva diversas demandas dentro da empresa.
    Invista em micro e pequenas empresas: Com o grande número de desempregados no Brasil, a tendência é que as pessoas que sofrem com a crise comecem a investir em pequenos empreendimentos. Estas pessoas são um público-alvo em potencial. Levando em consideração que eles não possuem vasto conhecimento a respeito de legislação e questões tributárias, um contador é exatamente o que a empresa precisa.

    Lei Geral

    shutterstock_121404829
    O Estatuto Nacional da Micro Empresa e Empresa de Pequeno Porte, ou Lei Geral, tem como objetivo criar um tratamento diferenciado para essas empresas, visando o favorecimento em relação às empresas de grande porte. Esse tratamento diferenciado visa incentivar os micro e pequenos negócios no Brasil, que geram uma grande movimentação na economia.

    Quem está dentro da Lei Geral?

    Microempreendedor Individual: receita bruta anual igual ou inferior R$60,000,00
    Microempresa: receita bruta anual igual ou inferior a R$360,000,00
    Empresa de Pequeno Porte: receita bruta anual superior a R$360,000,00 e igual ou inferior a R$3,600,000,00

    Quais sãos as diferenças em relação as outras empresas?

    • Registro e legalização simplificados;
    • Simples Nacional – Regime Tributário Especial e Facultativo;
    • MEI – Microempreendedor Individual;
    • Fiscalização orientadora: a fiscalização é educativa e não punidora; Participação das Micro e Pequenas Empresas nas Licitações Públicas: incentivo tecnológico, econômico e social;
    • Simplificação das Relações de Trabalho: a representação na Justiça do Trabalho pode ser feita por terceiros, que conheçam as questões trabalhistas;
    • Linhas de crédito específicas paras as MPEs;
    • Incentivo tecnológico e a inovação: programas especiais relacionados a inovação e tecnologia para as MPEs.

    Relação Contador MPEs e tecnologia

    shutterstock_324763859
    Como você pode perceber, o contador é uma peça fundamental para o micro e pequeno empresário, sabendo que muitos possuem dificuldades em relação a várias questões que envolvem a área legislativa e tributária. É essencial que o contador interaja e esteja presente no desenvolvimento da empresa.
    Com os softwares de gestão empresarial, o trabalho do contador ficou muito mais fácil, podendo realizar os serviços significantemente de forma mais ágil. A integração destes softwares entre empresa/Contador traz diversos benefícios para empresas, principalmente para o micro e pequeno empreendedor, que necessita de acompanhamento constante e um auxílio maior.

    Oportunidade

    O grande crescimento no número das MPEs é uma ótima oportunidade para o mercado contábil mostrar todo o seu potencial, bastando aos Contadores aproveitarem a chance para deixar de simplesmente realizar um plano básico de contabilidade e se tornarem parceiros estratégicos.
    Baixe gratuitamente o nosso e-book sobre como modernizar o seu escritório contábil:
    INBMYR-131_bannerCTA
     

    Share on facebook
    Share on twitter
    Share on linkedin
    Share on whatsapp

    Leia também

    O que você procura?

    Categoria

    Categorias

      Assine nossa newsletter

      Seja um parceiro Myrp.